Celebração do 50º aniversário da Starbucks: um futuro melhor, juntos


Este ano, a Starbucks comemora seu 50º aniversário no mundo inteiro. Muito aconteceu ao longo do caminho desde que a empresa abriu suas portas, em 1971, em Seattle, nos Estados Unidos, com o compromisso de viajar pelo mundo para levar aos seus clientes apenas o melhor café.

Desde o seu início em Pike Place, onde passou a oferecer cafés de diversos países como Indonésia, Etiópia, Brasil e Colômbia, até hoje -se tornando o lugar preferido de milhões de pessoas ao redor do mundo -, a Starbucks tem trabalhado para celebrar as diversas origens do café.

Comemore conosco

Para fazer parte desta celebração, do México à República Dominicana, do Chile ao Brasil, a Starbucks convida seus clientes latino-americanos a celebrar seus 50 anos com copos reutilizáveis.

PEOPLE

Juntos pelo melhor

A missão da Starbucks sempre foi inspirar e nutrir o espírito humano. Assim, ao longo dos anos, a Starbucks criou redes colaborativas para ajudar a melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Paula Fortes

Seja através da  doação de café, orientação agrícola, estações de lavagem de mãos ou de oportunidades para o desenvolvimento profissional dos seus partners (colaboradores), a Starbucks busca promover continuamente o bem-estar das pessoas nas comunidades latino-americanas.

PLANET

Oferecendo o nosso grão de café para o planeta

Olhando para os próximos 50 anos, a empresa sabe que a única maneira de manter a experiência única que cada tipo de café oferece é cuidando do seu solo e das pessoas que o cultivam.

Paula Fortes

No México, a Starbucks Foundation e a Conservation International lançaram um projeto, em 2016, com o objetivo de gerar um impacto positivo líquido na região onde o café é cultivado para blends e edições especiais, como o Starbucks® México Oaxaca. Este e outros projetos têm contribuído para o desenvolvimento dos cafeicultores e suas famílias, bem como para a preservação da água, conservação da fauna silvestre, diversificação de alimentos e para geração de renda para a comunidade.

Existem também programas para fortalecer o cultivo do café frente aos desafios do aquecimento global e de doenças como a ferrugem. Quando Porto Rico enfrentou o impacto da ferrugem em seus cafeeiros, a Starbucks apoiou a causa doando sementes de café da variedade Marseillaise, resistente às intempéries.

No Chile, por sua vez, a empresa implantou o uso de usinas solares e um sistema de reciclagem de água nas lojas da cidade de Santiago. No mesmo país, a Starbucks fez parceria com a empresa de alimentos plant-based NotCo, para incluir mais produtos de origem vegetal nos cardápios das lojas chilenas.

COFFEE

Um legado latino-americano

Ao longo desses 50 anos, a América Latina se tornou uma das regiões cafeeiras mais importantes do mundo para a empresa, tendo a Colômbia como um dos principais fornecedores do café arábica Starbucks, não só pela alta qualidade, mas também pelos sabores requintados que proporciona ao paladar.

Para apoiar os cafeicultores, a Starbucks abriu 10 Centros de Apoio ao Produtor em todo o mundo, sendo cinco deles na América Latina. Localizados na Colômbia, Costa Rica, Guatemala, México e, recentemente, no Brasil , esses centros oferecem apoio aos cafeicultores em várias áreas, independentemente de serem fornecedores da Starbucks ou não. O apoio vai desde o manejo do solo até técnicas para melhorar a qualidade do café, com o objetivo de garantir o futuro da bebida preferida de milhões de pessoas em todo o mundo.

Nossa história nos permite ver o futuro. Nossa escala nos dá o escopo para gerar mudanças. Nos próximos anos, vamos aplicar tudo o que aprendemos nas últimas cinco décadas para devolver ao planeta mais do que usamos e melhorar a vida das pessoas.

Obrigado por se juntar a nós nesta jornada a cada xícara! Juntos, podemos fazer algo excelente para o planeta – uma pessoa, uma xícara de café e uma comunidade de cada vez.

thumbnail for Panetone Starbucks: sabor em forma de presente

Panetone Starbucks: sabor em forma de presente